Cabeceiras do Piauí
SOBRE O AUTOR

Francisco Rocha é blogueiro do Município de Cabeceiras do Piauí . Contato: (86) 98104-5810

 

IBGE cria Comissão Municipal para Censo Agro 2017 em Cabeceiras

10 de Agosto de 2017 às 10:26
A reunião ocorreu nesta quarta (09) na Câmara Municipal A reunião ocorreu nesta quarta (09) na Câmara MunicipalFoto: Reprodução

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de Barras já está preparando o Censo Agropecuário 2017 em Cabeceiras. E, nesta quarta-feira (09), foi formada a Comissão Municipal de Geografia e Estatística, equipe integrada por representantes da Prefeitura, Câmara, entidades de classes, entre outros. O Censo será completamente digital, facilitando o processamento, a análise e a divulgação.

Durante o encontro, o coordenador Izael passou todas as informações sobre como vão funcionar as coletas e criou a comissão que acompanhará as etapas censitárias desde a fase de preparo da operação de campo, a coleta de dados até a divulgação dos resultados preliminares. Estavam presentes na reunião representantes das Secretarias Municipais de Comunicação Social e Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, da Câmara Municipal de Vereadores, ADAPI, Igreja Católica, entre outros.

“O Censo começará em 1º de outubro e vai até fevereiro, cinco meses de coleta. Nós estamos implantando a comissão municipal, que é uma parceria para que o município possa nos ajudar na divulgação do Censo, no suporte às equipes de recenseadores, para que o trabalho seja realizado da melhor maneira possível. A comissão é presidida por uma pessoa do IBGE e tem a participação dos representantes de todos os poderes e sociedade”, explicaram Izael e Paulo Rogério.

A comissão irá acompanhar todas as etapas do Censo Agropecuário em CabeceirasA comissão irá acompanhar todas as etapas do Censo Agropecuário em CabeceirasFoto: Reprodução

O Censo Agropecuário pretende investigar todos os estabelecimentos agropecuários dos municípios brasileiros, levantando informações sobre agricultura, extração vegetal, silvicultura, criação de animais de grande, médio e pequeno porte, aquicultura, criação de abelhas, criação de bicho-da-seda, beneficiamento e transformação de produtos agropecuários.

Fonte: www.cabeceirasdopiaui.pi.gov.br

Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes aqui neste espaço são de responsabilidade civil e penal exclusiva do colunista. O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial do R10.